Nova diretoria buscará assento no Condesb e tem apoio do prefeito Mourão
.

A União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) elegeu sua nova diretoria na manhã desta segunda-feira, dia 10, na Câmara Municipal de Praia Grande. O novo presidente da entidade é o vereador Roberto Andrade e Silva, o Betinho (MDB – Praia Grande). O parlamentar e demais membros da diretoria já tomaram posse e seguem no mandato por dois anos. A chapa única conta com representantes de cada uma das nove cidades da Baixada — Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, Peruíbe, São Vicente e Santos — e possui 20% de mulheres em sua composição.

O presidente da Casa Ednaldo dos Santos Passos (SD) o vereador Reco, parabenizou o presidente eleito vereador, Betinho Andrade – MDB e a todos da Gestão em termino, quanto a que terá a responsabilidade na gestão no Biênio. ”Desejo uma excelente gestão a nova Diretoria, e uma construção cada vez mais sólida para uma baixada metropolizada”. Falou o Chefe do Legislativo.

Entre as metas da nova diretoria, uma bandeira antiga: a inclusão da Uvebs na Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem) para a obtenção de um assento nas reuniões do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), que congrega representantes das prefeituras das nove cidades e do Governo do Estado para o debate de temas a nível metropolitano.

"Vamos lutar para que possamos participar, mesmo que a princípio tenhamos voz e ainda não possamos votar, afinal o vereador é o para-choques da sociedade e é o ente político mais próximo da população. É o vereador quem é cobrado desde o momento em que vai tomar um café na padaria até a hora em que se dirige para casa no final do dia. Portanto esta proximidade deve ser levada em consideração, pois trará mais representatividade aos 1,8 milhão de pessoas que vivem na nossa região", disse Betinho.

Presente na reunião, o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB), discursou como membro da Agem e sinalizou apoio à reivindicação. "Os vereadores poderão ser o farol dos prefeitos nesta discussão metropolitana. Serei porta-voz desta bandeira e levarei para a primeira reunião da Agem esta reivindicação. Entendo o papel do vereador, como representante da sociedade e sei o quanto isto é importante", ressaltou Mourão.  "A Uvebs precisa fazer link com outras entidades, respeitando a diferenciação destes poderes — Legislativo x Executivo — para que o poder público possa se tornar mais ágil como um todo".

O vereador de Pedro de Toledo, Marco Antônio Garcia (PSD), também participou do evento, demonstrando a experiência no Vale do Ribeira, onde o Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira e Litoral Sul (Codivar) e a União de Vereadores do Estado de São Paulo (Uvesp), trabalham em conjunto com a criação de um "Parlamento Regional", que inclui representantes das Câmaras Municipais das 24 cidades daquela região, em discussões do Codivar. "Uma união que já garantiu alguns avanços no Vale do Ribeira. Esta interlocução entre os poderes, a nível metropolitano, é de extrema importância", comentou.

Atualmente, a Uvebs luta para trazer mais transparência aos pacientes que dependem da Saúde Pública. Por isso, vem buscando respostas junto à Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross), sistema que distribui vagas hospitalares para internação ou realização de cirurgias em hospitais públicos da região. Os critérios para a concessão de vagas ainda são uns dos pontos que os parlamentares querem esclarecer junto ao Estado. "Somos cobrados diretamente pela população que precisa do serviço. Precisamos solucionar estas questões para que possamos dar uma resposta para a sociedade. Afinal há muita gente aguardando por uma vaga, sem saber para onde será transferido e até mesmo se será atendido", enfatizou o novo presidente Betinho.

Outra questão que a nova diretoria também deve levar adiante é o turismo. Uma das metas é incentivar a criação do Selo Metropolitano, permitindo que vans e ônibus transitem entre as cidades da Região sem que precisem pagar taxas.

A geração de empregos e o desenvolvimento econômico da Baixada Santista também fazem parte dos itens prioritários da Uvebs que, através da realização de estudos aprofundados de dados, bem como vasta pesquisa em parceria com universidades, buscará atrair novos investimentos para a Região.

ARTICULAÇÃO POLÍTICA – A nova diretoria também almeja a realização de Câmaras Metropolitanas, com fóruns itinerantes nas Câmaras Municipais, para tratar de temas específicos, com a presença de especialistas nas respectivas áreas. A coordenação destes fóruns ficará a cargo do vereador vicentino Sargento Barreto (PSB) e demais parlamentares que irão compor o Conselho da Uvebs. "Serão reuniões periódicas em que não apenas a diretoria deve participar, mas todos os 134 vereadores da Região, fortalecendo nossa união e fazendo com que as demandas regionais sejam ouvidas mais claramente, passando-as diretamente para os especialistas", ressaltou Barreto.

Uma das funções da Uvebs é ainda a articulação política para fortalecer a Baixada. Por isso, já está na pauta da nova diretoria uma agenda com os deputados estudais e federais eleitos pela Região para estreitar relações e sanar as demandas dos municípios da Região, especialmente as que dependem de atuação em outras esferas políticas.

A entidade já tem apoio do deputado estadual Caio França (PSB) — que já presidiu a Uvebs — e o deputado estadual eleito Tenente Coimbra (PSL), ambos presentes no evento desta manhã. O deputado eleito Kenny Mendes (PP) que também já foi membro da Uvebs, também já se colocou à disposição da entidade, porém não pode participar da reunião, por compromissos anteriormente agendados.

Confira a formação da nova diretoria da Uvebs (2018-2020)

Presidente: Betinho (MDB – Praia Grande)

1º vice-presidente: Helio Sussumu (PSDB - Peruíbe)

1ª vice-presidente: Luciana Castellan (PSDB - Peruíbe)

2º vice-presidente: Joseval Jabá (PSDB - São Vicente)

Secretário Geral: Toninho Salgado (PSD – Guarujá)

Secretário Geral: Fabiano da Farmácia (PR - Santos)

Tesoureiro: Baianinho (MDB – Mongaguá)

Tesoureiro: Toninho Vieira (PSDB – Cubatão)

Comunicação Silvinho (PSDB – Itanhaém)

Defesa da Mulher: Audrey Kleys (PROG - Santos)

Patrimônio: Matheus Rodrigues (DEM – Bertioga)

Conselho: Sargento Barreto (PSB - São Vicente), Alfredo Moura (Pros - São Vicente), Leandro Avelino (Praia Grande), Marcinho (PSB - Cubatão) e Toddy (MDB - Guarujá)

Secretário-executivo: Pedro Garofalo